Cálculo de medicamentos

R$0,00

Nesse curso você aprenderá a realizar o cálculo de diversos medicamentos de forma precisa, interpretando de maneira adequada as prescrições médicas, utilizando conceitos matemáticos e fórmulas específicas

Público Alvo: Profissionais de saúde em geral

Duração: 1 hora

Vale certificado: Sim

Valor (R$): Gratuito

Descrição

Conquiste seu certificado ao realizar com sucesso o exame final desse curso!

Esse curso irá habilitá-lo a calcular as dosagens dos medicamentos com segurança a partir da interpretação correta das prescrições médicas, utilizando conceitos matemáticos e aplicando fórmulas específicas

Esse curso tem como objetivos:

  • Relembrar conceitos matemáticos básicos como: unidades de medidas, prefixos métricos, porcentagem, proporção, concentração e regra de três simples e aplicá-los;
  • Identificar com clareza as incógnitas a serem resolvidas no cálculo de medicamentos nas situações problemas propostas;
  • Conhecer e aplicar as fórmulas de gotejamento de macro e micro gotas para infusão de soro e medicamentos;
  • Calcular a diluição e rediluição de medicamentos;
  • Calcular medicamentos especiais (penicilina, insulina e heparina)

Nesse curso você terá acesso a:

  • Videoaulas;
  • Ebook;
  • Caderno de exercícios;
  • Caderno de exercícios comentados;
  • Infográfico de resumo.

 

Professora responsável: Viviane B. M. Taffner

Docente de pós graduação no Instituto de Ensino e Pesquisa Albert Einstein;
Ex-docente de graduação no Centro Universitário São Camilo e na Universidade Paulista UNIP;
Atuou por 10 anos na assistência em hospitais e medicina diagnóstica;
Pós Graduada em EaD pela Universidade Federal Fluminense;
Pós Graduada em Neonatologia pelo HCFMUSP;
É Mestre e Graduada em Enfermagem pela EEUSP.

 

Referências Bibliogáficas desse curso:

AHOUAGI et al. Heparina: erros de medicação, riscos e práticas seguras na utilização. Belo Horizonte, v. 2, n. 5, p 1-6, 2013. Disponível em:. Acesso em: 16 nov. 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5891: regras de arredondamento na numeração decimal. Rio de Janeiro, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 8537: seringas estéreis de uso único, com ou sem agulha, para insulina. Rio de Janeiro, 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Anexo 03: protocolo de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos. Brasília: Ministério da Saúde, 2013. 45 p. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2017.

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN – SP). Boas práticas: cálculo seguro. São Paulo: COREN, 2011a. 32 p. v. 1. Disponível em:. Acesso em: 16 out. 2017.

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN – SP). Boas práticas: cálculo seguro. São Paulo: COREN, 2011b. 24 p. v. 2. Disponível em:< http://portal.coren-sp.gov.br/sites/default/files/boas-praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos_0.pdf>. Acesso em: 25 abr. 2018.

EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES (EBSERH). Ministério da Educação. Reconstituição, diluição e administração de medicamentos endovenosos. 12. ed. 2017. 43 p. Disponível em: . Acesso em: 14 nov. 2017.

FOGAÇA, Jennifer Rocha Vargas. Soluto e solvente. 2017. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2017.

GIOVANI, Arlete M. M. Enfermagem: cálculo e administração de medicamentos. 14 ed. São Paulo: Rideel, 2017. 407 p.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION (ISO). ISO 80000-1:2009: quantities and units part 1 - general. 2009. Disponível em: . Acesso em: 19 feb. 2018.

INTERNATIONAL UNION OF PURE AND APPLIED CHEMISTRY (IUPAC). Compendium of chemical terminology gold book. 2014. Disponível em: . Acesso em: 19 feb. 2018.

REGRA de três simples ou composta. 2017. Disponível em:< www.regradetres.com.br> Acesso em: 17 out. 2017.

Você também pode gostar de…